CQ? na net:

Delegada de Catanduva afirma: Pedofilia é coisa de pobre!

Noticia do G1 (globo.com):

Polícia de Catanduva ouve empresário e médico sobre suposta rede de pedofilia

Cinco homens serão ouvidos, fotografados e liberados nos próximos dias.

Delegada vai mostrar foto a crianças que dizem ter sido vítimas.

a delegada Rosana da Silva Vanni disse: "Para mim foi uma surpresa saber que rapazes de classe média estariam envolvidos com esse tipo de gente."

Bom, temos casos de pedofilia pipocando diariamente na mídia. Até aí nenhuma novidade. Este crime é um dos piores males que o ser humano pode infligir a um semelhante e remonta a idade antiga, na Grécia, pensadores recomendavam o repugnante sexo de adultos com crianças, inclusive na modalidade homossexual. A psiquiatria define o pedófilo como um doente mental, que tem plena consciência do ato torpe que comete, mas ainda assim é tentado a cometê-lo. O crime é tão horripilante que nem mesmo os criminosos comuns aceitam a pratica e os presos por tais crimes ficam separados dos demais, sob pena de serem sodomizados, barbarizados e mortos. As seqüelas para as crianças geralmente são para a vida toda e atrapalham o desenvolvimento intelectual e moral, comprometendo gravemente o futuro das vitimas.

A novidade neste caso em particular é que autoridade designada para chefiar a investigação, acaba de fazer uma descoberta cientifica ainda nova e carente de mais estudos e comprovações, mas segundo a digníssima doutora, a julgar por sua surpresa por serem os acusados, membros da classe média-alta da cidade, pedofilia é coisa de pobre.

Vamos refrescar a memória da “otoridade” com algumas noticias encontradas na web sem nenhum esforço:

da Folha Online em 04/06/2007

Um endocrinologista de 53 anos foi preso nesta segunda-feira em Goiânia (GO) suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes com idades entre 5 e 12 anos. Outras cinco pessoas --sendo quatro mulheres-- também foram presas suspeitas de colaborar com o médico no recrutamento das vítimas.

Em 2002, um dos mais renomados pediatras do país à época, Eugênio Chipkevitch, sedava garotos e abusava deles. Quando o tema era adolescência, o pediatra Eugenio Chipkevitch, de 47 anos, era a maior autoridade no país. Mencionado pela Universidade de Cambridge no ranking dos 2 mil cientistas mais importantes do século XX, com direito a verbete na respeitada publicação Who’s Who in Science and Engineering (Quem É Quem na Ciência e na Engenharia)

Em 2003.

ARARAQUARA, SP - Seis dos oito vereadores acusados de participar do crime de abuso sexual infantil, na cidade de Porto Ferreira, no interior de São Paulo, assim como dois empresários e um funcionário público, foram presos na manhã de ontem.

De acordo com o delegado Maurício Sponton Rasi, responsável pelo caso, foram presos os vereadores Gerson João Peligrine, Laércio Natal Storti, Luis Gonzaga Mantovani Borceda, João Lázaro Batista e Edivaldo Bife; o comerciante João Batista Peligrine; os empresários Carlos Alberto Pofi e Nelson da Silva e o funcionário público Paulo César da Silva, todos por corrupção, favorecimento à prostituição e formação de quadrilha. E posteriormente foram presos Luis César Lanzoni, presidente da Câmara, Valter Mafra, suplente de vereador e garçom - acusado de ser o aliciador das meninas -, além do comerciante José Carlos Serafim.

Como qualquer um idiota que assiste de quando em vez a noticiário qualquer pode perceber, pedofilia (como a maioria dos crimes) não tem classe social, cor ou religião, até mesmo um oficial da policia militar de São Paulo, foi acusado de tal crime recentemente, suicidando-se para não ser preso. Começando uma investigação deste porte assim, fica fácil imaginar o porque cadeia no Brasil é primordialmente para pobres, pretos e prostitutas. O G1, que divulgou a noticia não fez nenhuma menção ao fato de a delegada provinciana ter sido preconceituosa em sua afirmação, não consta nenhuma censura por parte do governo ou dos ditos defensores dos direitos humanos. Fica registrado o protesto de Cidadão Quem?

Caso você também tenha se indignado com a posição da delegada, faça seu protesto clicando nos links abaixo:

Clique aqui para enviar seu prostesto sobre o caso para o Senador Magno Malta, relator da CPI da pedofilia

Clique aqui para enviar seu protesto para a secretaria especial de direitos humanos da presidencia da republica.

Clique aqui para enviar seu protesto à secretaria de segurança publica de São Paulo.


2 comentários :

Anônimo disse...

Prezado cidadão.
Será que o senador Magno Malta seria capaz de condenar a
DD. Dra. Delegada, depois de passsar alguns dias em Dubai, com o dinheiro público, certamente ele também acha.
E o corporativismo, onde fica?

Anônimo disse...

Caro cidadão.

Ou essa delegada tem péssima memória, ou está mal informada, pois aquele renomado pediatra, " Dr. chupetovisk" tinha bastante dinheiro, o suficiente para ficar em uma cela com ar condicionado, vendo filmes pornô ,ou
então comprou a liberdade e foi fazer turismo sexual em Fortaleza, ou melhor ainda (prá ele). Foi comer coroinhas lá no Vaticano. É meu amigo, essa vadia deve ter algum problema. Um abraço.