CQ? na net:

Juca Kfouri acusa Aécio de bater em mulher.


Que Aécio Neves, governador de Minas Gerais, neto e herdeiro político de Tancredo Neves e ainda eventual candidato tucano a presidência da republica é baladeiro todo mundo sabe.

Que passa mais tempo no Rio que em Minas quando está livre não é novidade. Que é considerado um partidão no jet set (justamente pela possibilidade de ofertar junto com a aliança o titulo de primeira dama) a gente desconfia.

O que ninguém imaginava é que fosse homem do tipo cafajeste, que espanca mulher em publico com a naturalidade de quem saboreia um canapé.

Pois é justamente isto o que afirma o jornalista Juca Kfouri (texto na integra logo abaixo) por meio do blog que mantém no uol.

A asessoria de imprensa do governador tratou de emitir nota desmentindo o fato mas Juca replicou afirmando que mantém a nota.

Sendo verdade, o governador perderá muito mais que pretendentes a esposa, a credibilidade enquanto homem e a imagem de “moderninho e antenado” que tanto cultua. Quanto ao estrago que possa causar em suas pretensões políticas, este ainda precisamos esperar tempo para conferir.

Segue a Integra do artigo de Juca Kfouri no UOL

Covardia de Aécio Neves

Aécio Neves, o governador tucano de Minas Gerais, que luta para ter o jogo inaugural da Copa do Mundo de 2014, em Belo Horizonte, deu um empurrão e um tapa em sua acompanhante no domingo passado, numa festa da Calvin Klein, no Hotel Fasano, no Rio.

Depois do incidente, segundo diversas testemunhas, cada um foi para um lado, diante do constrangimento geral.


A imprensa brasileira não pode repetir com nenhum candidato a candidato a presidência da República a cortina de silêncio que cercou Fernando Collor, embora seus hábitos fossem conhecidos.


Nota: Às 15h18, o blog recebeu nota da assessoria de imprensa do governo mineiro desmentindo a informação e a considerando caluniosa.


O blog a mantém inalterada.


Por Juca Kfouri às 12h09


Ps by Cidadão: E onde estava Juca na época que a imprensa se calou?


0 comentários :