CQ? na net:

Diarréia mental? Não faz mal: Limpe com jornal!

Existem os neopentecostais e sua Teologia da Prosperidade, criada, veja bem, pelos americanos. Quanto mais você dá, mais vem de volta.
Se é verdade ou não, é outro assunto. O fato é que sobreviver tantos anos enganando milhões de pessoas diariamente foge à lógica. Ainda assim, eu, os jornalistas ou o senhor Otavio Frias Filho, dono do UOL/Folha, não temos nada a ver com isso. A não ser que sejamos preconceituosos. Ou estejamos motivados por outros interesses…


Marco Antonio Araújo se diz jornalista e se auto-entitula o provocador. A pessoas sérias e minimamente esclarecidas a única coisa que ele provoca é asco. Ele é o autor da declaração acima. O detalhe é que se diz ateu e publica seu blog no portal R7 da rede Record. Outro dia mereceu destaque no portal e na tv do grupo ao usar seu espaço para criticar José Serra e a Rede Globo, desafetos claros da rede dos bispos. Agora mira suas baterias contra o grupo folha e obviamente recebe os afagos de seu empregador. O portal UOL critica a igreja universal e o jornalista provocador e ateu faz as vezes de advogado de Deus (ou do diabo).




Quem criou a teologia da prosperidade ou a pedofilia pouco importa. O que é realmente importante é quem adere hoje a tais praticas. O grupo Record sente-se a vontade para criticar a igreja católica pelos escândalos de pedofilia, no que alias faz bem apesar da motivação clara; mas não aceita criticas em suas praticas. Afirmar que igrejas distorcem a bíblia e aplicam o quanto mais você dá mais recebe de volta, de eficácia reconhecidamente duvidosa para depois dizer que jornalistas nada têm a ver com isto é no mínimo uma piada de péssimo gosto. Se o papel da imprensa não for denunciar este tipo de pratica contra o povo os jornais servirão mesmo apenas para limpar a bunda.

0 comentários :