CQ? na net:

No jogo eleitoral seu voto é só um detalhe, mas no grito não Lula!


Quando era garoto eu adorava jogar bola na várzea. Tínhamos times e campeonatos organizados numa parte da periferia de São Paulo onde os campos de futebol ainda não haviam sido expulsos pela especulação imobiliária. Como a organização não era assim tão organizada a ponto de contratar juizes, estes eram escolhidos entre jogadores de outros times. Muitos não tinham qualquer noção de arbitragem e aí cabia aos jogadores influenciar ao Maximo para que o apito soprasse a favor. Em qualquer jogada, quando se perdia a bola, o time todo gritava em uníssono “Eiiiii!” e pelo menos às vezes o juiz, entre constrangido e apavorado, apitava falta sem saber nem o que estava marcando.

Os grandes astros da várzea eram jogadores com passagens (sem qualquer sucesso, diga-se) por times profissionais e um ou outro garoto que destoava da maioria por sua habilidade. Estes exerciam sobre os juizes uma influencia imensa devido ao prestigio sempre em alta com a torcida. Quando um juiz mais fraco apitava então o cara virava referencia para a arbitragem e o adversário estava frito.

Desta situação surgiu à expressão “ganhar no grito” que traduzindo em miúdos é um jogador importante influenciar tanto que subverte a realidade.

Todos os institutos sérios de pesquisa apontam uma vantagem expressiva de José Serra sobre Dilma e até as emas do palácio do Alvorada sabem que se der à lógica o próximo inquilino por lá será o Tucano.

Jogo duro, ambiente desfavorável nas quatro linhas, mas com um jogador “nas graças da torcida” em campo, o único jeito é influenciar a arbitragem no grito.

Quando Lula gasta todo seu poder de retórica para mostrar convicção em afirmar que “não tem jeito de Dilma perder a eleição” ele está tentando justamente isto, se o arbitro “abraçar” beleza!

Só que neste jogo o arbitro é você e o que está em jogo vale, muito mais que uma partida de futebol, o futuro. Seu, dos seus filhos e netos. Se você votar na Dilma por que “não tem jeito”, o que pode não ter jeito nos próximos anos é o Brasil.

Lula foi multado duas vezes por fazer campanha ilegal, o PT perdeu tempo na tv por fazer campanha ilegal e estes “detalhes” mostram que quando os petistas estão no desespero riscam a palavra respeito em seus manuais de conduta.

Se não respeitam a lei durante a campanha, o que te faz pensar meu caro eleitor, que você será respeitado após as eleições?

0 comentários :