CQ? na net:

Brasileiro preso na Arabia e o consul honorável do Brasil, sua excelência Bin Landen.

Bin Laden é consul honorario do Brasil!

Um interprete brasileiro foi contratado pelo técnico Luis Felipe Scolari para trabalhar num jogo na Arábia Saudita. Houve um tumulto no final do jogo e o homem que deveria entender tudo de oriente médio meteu seus pés pelas mãos de um policial à paisana. Agredir policiais na Arábia é um crime gravíssimo e Marcelo Santos, 40, está impedido de deixar o país já faz mais de 60 dias!
Marcelo afirma que não sabia que sua vitima era da policia por que estava a paisana. Por sua lógica tupiniquim alguém precisava apanhar, mas como policia não pode, apanha o primeiro que se aproximar com ares civis. A lógica brasileira pode dar bem errado em outras terras.

Lula pediu por duas vezes a liberação imediata do homem, mas os top top de turbante fizeram o que mais gostam: ouvidos de mercador. O presidente achando que estava podendo por conta do bafo-bafo com o Irã teve uma amostra de como os mulçumanos são chegados a pirotecnias diplomáticas.

A família de Bin Laden, O Osama, é grande como uma descendência de coelhos e rica como a descendência dos novos acionistas da ex falida Telebras, que Lula acaba de ressucitar numa canetada. Um de seus 53 irmãos, o Khalil, é simpático ao Brasil, tanto que estendeu a descendência Bin Laden à pátria amada. Khalil Bin Laden, é casado com a brasileiríssima Izabel Cristina Castanheira Baym e inclusive tem muitos negócios em Minas Gerais. Já chegou a ser investigado pela Policia Federal, num processo que deu em nada em 2002 e Khalilzin, como é conhecido em belzonte, é o ilustríssimo cônsul honorário do Brasil. Segundo um sábio de caratinga o titulo de cônsul honorário é adquirido por pessoas que conseguem pagar honorários altíssimos a lobistas de brasília, como o próprio titulo indica em sua nomenclatura.

De qualquer forma este homem honorável é quem está socorrendo o brigão brasileiro e lhe emprestou um casebre (Quarto e sala e quiçá banheiro) em Jedah, além de fazer as articulações diplomáticas representando o Brasil.

Marcelo Santos deve se livrar da condenação à forca ou mesmo à mutilação, no máximo receberá umas chibatadas e deve deixar o país árabe. Como sua soltura receberá a rubrica Bin Laden é bom rezarmos para que a diplomacia de Khalil não seja eficiente o suficiente para torná-lo o primeiro homem bomba brasileiro. Credo em cruz!

Imagem de O galileo.

0 comentários :