CQ? na net:

Copa 2010 - A lingua da Africa: Futebol em onze idiomas.

A África do Sul, na história dos Mundiais, é o país organizador com mais idiomas oficiais, já que conta com um total de onze, motivo pelo qual a palavra ‘futebol’ poderá ser ouvida de várias formas pelos torcedores até o dia 11 de julho.

Além dos onze idiomas oficiais, a África do Sul também reconhece outros oito, chamados “idiomas nacionais”.

Entre os idiomas oficiais, dois são indo-europeus, o inglês e o afrikáans (muito parecido com o holandês), enquanto que os outros nove são idiomas da família bantu: ndebele, sotho do norte, sotho, suazi, tsonga, tswana, venda, xhosa e zulu.

Desta maneira, durante o Mundial, quando se falar de futebol terá que se dizer ‘football’ (inglês), sokker (afrikáans) ou ibhola (zulu), para citar apenas os três idiomas mais conhecidos no país.

Os idiomas mais falados pela população sul-africana (45 milhões de pessoas) são o zulu (23,8%), xhosa (17,6%) e afrikáans (13,3%).

O inglês é apenas o sexto idioma mais falado do país como língua materna, com 8,2% do total, descendentes dos colonizadores britânicos que chegaram no início do século XIX, utilizado por um terço da população branca, 10% dos mestiços e 60% dos asiáticos.

Entretanto, o inglês é compreendido na maioria das zonas urbanas e é o idioma predominante no governo e meios de comunicação, sendo que um terço da população é capaz de se comunicar com ele.

O afrikáans, idioma derivado do neerlandês, é maioria no terço ocidental do país, falado pela maioria dos brancos (60%) e por 90% dos coloureds (mestiços) do país.

Ele também é empregado amplamente em todo o centro e norte do país, como segundo (terceiro ou até quarto) idioma pelos sul-africanos que vivem nas regiões agrícolas.

Este idioma é falado ou compreendido pela quarta parte da população (quase a totalidade das comunidades branca e coloured, e certas minorias entre as comunidades negra e asiática), sendo o segundo idioma de comunicação depois do inglês e antes do zulu.

O zulu é falado por 10,677 milhões de pessoas, enquanto o xhosa, idioma materno de Nelson Mandela, é utilizado por 7,907 milhões, e o afrikáans por 5,983 milhões; já o inglês é o idioma materno de 3,673 milhões.

O afrikáans é uma evolução do idioma falado pelos colonos holandeses que chegaram no século XVII e habitavam a Colônia da Cidade do Cabo.

Com o passar do tempo, adquiriu características próprias, visto que assimilou vocábulos do inglês, malaio, português e dos idiomas zulus dos nativos da região.

Da AFP pelo site Dialogo-Américas com foto de Jung Yeon-Je

0 comentários :