CQ? na net:

Motoqueiro barraqueiro para o transito em São Paulo (Veja o video)


O transito em São Paulo é caótico e seria bobagem acusar os motoqueiros por isto. Os motociclistas são de longe as maiores vitimas do transito paulistano e por outro lado são temidos por sua agressividade e fama de arruaceiros e baderneiros. Sem contar a preferência de criminosos por andar de moto para facilitar fugas.

Quantas vezes você viu uma gangue de motoboys agredindo um motorista? Se dirige em São Paulo diariamente a chance de ter visto mais de uma vez é bem grande. Algumas empresas de motofretes e motoqueiros responsáveis lutam para acabar com a má fama da categoria, mas uns bandidinhos insistem em jogar este esforço por água abaixo.

Este de capacete na foto deve ter caído e batido a cabeça uma meia dúzia de vezes. Ele fechou outro motociclista e em contraste com a propalada união dos motoboys ainda partiu para cima do colega de categoria. Fosse isto pouco o bonitão fechou a Avenida 23 de maio, uma das principais artérias do transito paulistano, para dar seu show de bizarrice particular.

Quando percebeu que estava sendo filmado partiu para cima do cinegrafista. Tudo isto enquanto os motoristas eram forçados a ficarem na platéia, já que as duas motos atravancavam o transito. Quando em fim a Policia Militar chegou o marginal simplesmente fugiu do local em alta velocidade.

2 comentários :

paqueranainternet disse...

Engana-se que motoqueiros sejam vítimas. A grande maioria deles não respeitam as leis de transito, por isso alto índice de acidentes e confusões envolvendo motos. Por exemplo, a lei de transito proíbe q motoqueiros passem pelo meio dos carros - eles devem acompanhar o transito como um veiculo normal.

Anônimo disse...

Bando de marginais. Quando não encontram um motorista para brigar, brigam entre si.