CQ? na net:

Erenice, a Dilma da Dilma.

A passagem de Erenice Guerra pelo comando da Casa Civil do governo federal durou exatos 170 dias. Antes disto a moçoila já empregava parentes no cabidão de empregos do governo. Quando chegou estava para  Dilma, como  Dilma está para Lula.  Saiu como boa parte da cúpula  petista  ao longo dos últimos oito anos. Agora ninguém quer vinculo com a defenestrada. Para o povo pouco importa, afinal o pão e o circo estão ainda garantidos por muito (ou pelo menos algum) tempo...

Acho até engraçado o fato de o povo não se importar com a instituição da lei de Gerson, na verdade trata-se de uma assunção popular. A lógica do morro, onde o bandido "bonzinho" assume o papel do estado chega a política oficial. O governo pode roubar a vontade, desde que divida umas migalhas comigo.

O simples exercício de verificar as conexões entre os personagens dos roubos aos cofres públicos e suas ligações com o governo e com a canidata Dilma parece não fazer nenhum sentido para a maioria dos eleitores. "É a economia estúpido" pode explicar até a estupidez do eleitor tantas vezes vitima de tantos pseudo pais e mães dos pobres...

0 comentários :