CQ? na net:

É “cocada boa” ou não é? Professora presa por porte de rapadura.


Uma professora paulistana em visita à sogra, na cidade de Ourinhos resolveu levar um mimo. Doces e um tablete enorme de rapadura. A preparadíssima policia civil de Ourinhos tinha uma denuncia de que alguém chegaria à cidade portando drogas, o que deve ocorrer com alguma frequência, convenhamos, apesar do aparente desconhecimento das “otoridades” locais. 
 
Apavorados com a possibilidade de encarar os perigosos traficantes, a policia civil foi para a estrada e parava até Jegue se este apresentasse comportamento suspeito. Parou o ônibus onde a pobre professora estava e ao se deparar com o presente da sogra já foi logo dando voz de prisão à pobre docente. “É muita droga!” comemorava uma policial. “Algeme a traficante, deve ser muito perigosa!” alertava outro.

Quando finalmente perceberam que alhos não são bugalhos liberaram a professora, que foi assim mesmo até a delegacia, desta feita por conta própria, para lavrar o B.O. por constrangimento ilegal. Vida de puliça no interior é doce, mas não é mole...

0 comentários :