CQ? na net:

Aula prática de sexo em universidade americana acaba mal, inclusive para o protagonista.

Jim, o sado-brochista.
***Artigo improprio para menores de 14 anos***
BDSM é a sigla que define Bondage, Disciplina, Sadismo e Masoquismo na atividade sexual. Estas cousas, caso você não saiba, são fetiches eróticos que envolvem dominação, tortura física e psicológica, dor e o escambal a quatro na busca pelo prazer sexual.

Um professor da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos resolveu bancar uma palestra sobre o tema no campus. A participação era livre e os palestrantes adeptos da pratica. La pelas tantas o palestrante Jim Marcus, de 44 anos, sugeriu que ele e sua noiva, Faith Kroll, 25, demonstrassem na pratica como é que funciona o treco. 


O professor John Michael Bailey hesitou um tanto e acabou convencido que nada poderia fazer para evitar o show de sexo explicito. “Eu não consegui pensar em uma razão legítima para proibir que as pessoas vissem aquilo, e ainda não consigo”, afirmou o teacher a imprensa.

Levando-se em consideração que pessoas extremamente religiosas, castas ou puritanas jamais participariam de uma palestra sobre praticas tão, digamos, perversas eu também não consigo imaginar por que o professor deveria proibir o Jim gostosão de pagar tal mico*, mas o fato é que deu um rebu danado, chocou a opinião publica americana – e conservadora – e virou hit mundial em noticiosos e na grande rede.
O pobre professor pode até sofrer sanções por conta do episódio. Talvez fosse o caso de premiá-lo com uma medalha por ser o primeiro a ministrar uma aula de sexo pratico numa instituição de ensino- nestas circunstancias.  Sabe-se lá quantos males estas aulas poderiam evitar...

*- O Mico – É que o assanhadinho do Jim tentou por 10 minutos mostras o “como é que se faz” sem chegar –e sem levar a parceira- ao orgasmo. A apresentação foi interrompida por falta de entusiasmo da plateia e a aula de "orgasmo sensacional" acabou se tornando uma broxada mundialmente famosa.

0 comentários :