CQ? na net:

É hora de Galilei afirmar que o sol não gira em torno do Piauí!

O que você diria se alguém te sugerisse mudar para um lugar onde o índice de desenvolvimento humano é comparável ao do Egito, o nível de educação é compatível com o do devastado país africano de Botsuana, a renda per capita é parecida com a do Turcomenistão (um país que precisa melhorar muito para ser considerado subdesenvolvido) e até a esperança de vida seja uma das piores do mundo?

Este lugar existe, fica no Brasil e é conhecido como Piauí, portanto, caso você imagine tratar-se do “cu do mundo” ou que “ninguém ficaria chateado caso este lugar desaparecesse” pode criar uma polemica danada.
O presidente da Philips em 2007, Paulo Zottolo é o autor da segunda tirada e o ator Marauê Carneiro, que faria uma turnê por lá e até ficou mais conhecido com a história, é o autor da primeira.

Em ambos os casos houve um barulho danado. Quebraram televisores Phillips, ameaçaram depredar o teatro onde o ator se apresentaria e houve manifestações inflamadas para mais de metro. O diabo é que ninguém reclama dos governantes que insistem em manter o Piauí na rabeira de tudo quanto é índice de desenvolvimento.

O povo do Piauí é brasileiro, mas nem podemos dizer que os piauienses são brasileiros como os gaúchos ou paulistas ou cariocas. O povo do Piauí é um povo desrespeitado e abandonado pelos governos ao longo da história. O povo do Piauí é menos educado, mais pobre e vive -proporcionalmente- pouco. O povo do Piauí até custa dinheiro ao restante do país que ajuda a sustentar o estado com impostos.

Isto não quer dizer que o povo do Piauí seja imprestável e a critica não é para as pessoas que nascem e vivem no Piauí. É liquido e certo que no Piauí existem pessoas maravilhosas, gente boa e trabalhadora, gente honesta e que sobrevive e até sorri, apesar das circunstancias.
Quando alguém fala por metáforas que o Piauí é um estado desgraçado pode até estar sendo indelicado ou grosseiro (principalmente quando vende produtos ou serviços para o estado), mas não está, absolutamente, sendo mentiroso.

A censura do povo piauiense aos produtos e serviços de quem faz piada com sua situação é justa e merecida, muito embora nem faça assim tanta diferença para a economia destas pessoas e empresas.
O povo maravilhoso do Piauí, tão brasileiro como todos nós, deveria voltar suas baterias para os responsáveis por seu estado de miséria e não para quem tem a audácia de falar a verdade. Ou alguém se esquece de Galileu Galilei?

0 comentários :