CQ? na net:

Todo homem - frustrado- deveria ler.

Um texto atribuído a Arnaldo Jabor fala sobre o que é melhor ter numa mulher.

É melhor ter uma mulher engraçada ou linda? Quais as vantagens em ter uma mulher que adora cerveja e futebol?

A mulher ideal do texto é gordinha, cheia de celulite, bebe pra caramba, adora futebol, veste-se desleixadamente e nem liga para grana. Seu contraponto veste-se como manequim e é burra (só conta até quinze) e fútil. A solução para todos os defeitos das mulheres seria o senso de humor e a personalidade tipicamente masculina. 

Das duas uma: Ou você vira homossexual e casa com o Danilo Gentili ou cria uma Luana Piovani tal qual Selton Melo.

Imagine você, caro leitor, assistindo a final do futebol ao lado da musa do texto. Uma gordinha cheia de celulite, bêbada, no meio de um bando de homens igualmente bêbados e gordinhos. Ela toda simpática e desencanada, dando risadas a valer.

A mulher não precisa ser magra, nem recatada ao extremo, nem antissocial e tampouco viver enfurnada numa academia. A mulher precisa apenas ter o que te prende a ela. Todo mundo quer ter as gostosas e saradas e que se comportam de acordo com nossas vontades, mas a mulher invisível só existe na ficção.

Qual for a mulher que você tiver vai ter, aos seus olhos, muito mais defeitos do que você gostaria e isto é uma completa irrelevância se ela portar aquela qualidade única, que faz dela a mulher de sua vida hoje e apenas hoje. Não ontem e nem amanhã, mas tão somente agora. 

Se isto se repete por dias e dias e anos e anos, bingo! Você tem a mulher ideal, sendo ela gorda, magra, brava, chata, linda, sociável ou o que for. Fora isto a mulher pode ser qualquer cousa, mas a tendência é acabar mal. O Dado Dolabella sabe bem disto.

O texto atribuido a Jabor: 
Todo Homem deveria ler...

"É melhor você ter uma mulher engraçada do que linda, que sempre te acompanha nas festas, adora uma cerveja, gosta de futebol, prefere andar de chinelo e vestidinho, ou então calça jeans desbotada e camiseta básica, faz academia quando dá, come carne, é simpática, não liga pra grana, só quer uma vida tranqüila e saudável, é desencanada e adora dar risada.

Do que ter uma mulher perfeitinha, que não curte nada, se veste feito um manequim de vitrine, nunca toma porre e só sabe contar até quinze, que é até onde chega a sequência de bíceps e tríceps.

Legal mesmo é mulher de verdade. E daí se ela tem celulite? O senso de humor compensa.
Pode ter uns quilinhos a mais, mas é uma ótima companheira. Pode até ser meio mal educada quando você larga a cueca no meio da sala, mas e daí?
Porque celulite, gordurinhas e desorganização têm solução. Mas ainda não criaram um remédio pra FUTILIDADE!!"

"E não se esqueça...Mulher bonita demais e melancia grande, ninguém come sozinho!!

1 comentários :

Anônimo disse...

Minha mulher é a ideal.
ela é linda e brava e chata, até tem celulite e tals, mas é minha gostosa! Concordo com o Arnaldo Jabor. O que importa é a mulher que se importa contigo. O autor do artigo está fantasiando demais!