CQ? na net:

PS Santa Marcelina fechado: Zona leste ganha estádio e perde hospital.

O Hospital Santa Marcelina é um dos maiores da cidade de S. Paulo. 87% das pessoas que procuram atendimento é gente pobre da zona leste, cujo atendimento deveria ser custeado pelo SUS. O governo repassa ao hospital R$:1,3 milhão por ano.

Como esta verba é insuficiente para cobrir a demanda e o hospital vive superlotado, a administração resolveu parar o atendimento aos pacientes do SUS. Quem chega procurando pronto atendimento é orientado a procurar as AMA´s, que não vivem situação melhor e contam com infraestrutura bem mais precária.

Uma funcionaria da AMA Carmosina resume a situação: “A gente não pode negar atendimento, mas a gente tem que falar a verdade. Vai demorar. Nós temos um atendimento de priorização que, dependendo da necessidade do paciente, ele é atendido imediatamente. Agora, se for queixas em que dá para esperar, vai esperar. Infelizmente está dessa forma.”

A citada demora ultrapassa as cinco horas na fila de espera.

A população da zona leste, entretanto, não deve se preocupar. A falta de hospitais é justificada pelo investimento maciço em lazer. O que o governo leva 500 anos para gastar com o hospital Santa Marcelina está sendo investido de uma só vez no Itaquerão, o estádio do Corinthians. 420 milhões em incentivos fiscais por parte da prefeitura e cerca de 70 milhões em investimentos estaduais, sem contar o investimento na infraestrutura da região.

Se você mora na zona leste e ficar doente por aí, não esquente: Vá ver um jogo de futebol que resolve. Só não sabemos se o estádio fornecerá atestados...

0 comentários :