CQ? na net:

USP - Ora, segurança: Estudantes escolhem as drogas.

Entra ano sai ano a USP, melhor e maior universidade do país. perde alunos vitimados pela violência. O enorme campus é frequentado por alunos, visitantes e ciclistas, mas também por ladrões e criminosos de toda sorte. Para tentar melhorar a segurança dos frequentadores a universidade firmou um convênio com a Policia Militar.

Desta instituição saem os mais renomados profissionais do país, mas esta gente inteligente  toda vida não percebe a ligação entre o uso de drogas e o fomento ao crime. Muitos de nossos futuros mestres e doutores são chegados à um baseado e o aumento do efetivo policial no campus atrapalhou o passatempo dos estudantes maconheiros.

A maioria dos estudantes é oriunda das classes mais abastadas, as mesmas que morrem de medo de descer o ladeirão do Morumbi, todavia, em protesto contra a prisão de três estudantes que portavam drogas, invadiram um prédio, fizeram arruaça e exigem que a policia saia do campus para deixar os maconheiros em paz. Talvez não lhes ocorra que o aviãozinho que entrega a marijuana possa voltar outra noite na mesma moto é assassinar um estudante que tenha consumido tanta droga a ponto de perder a noção do perigo e reagido à abordagem do ladrão.

Todo mundo conhece o ciclo das drogas no país, é inadmissível que se queira liberar entorpecentes para a recreação da classe média eximindo-se de culpa pelos viciados que vivem - e morrem- na cracolandia ou pelo aumento do crime de latrocínio no estado.

Se ainda assim preferem perder seus pertences e seus pares podemos imaginar que futuro esperar para este país de desigualdades...

0 comentários :