CQ? na net:

Mãe Paulistana: Mulher ateia fogo em criança de 10 anos em S. Paulo

Foto de Kleber Tomaz/G1
Aparentemente uma família desestruturada, o que nem de longe serve de justificativa, mas explica em boa medida a crueldade de uma desenhista paulistana. Sandra Gomes Bacelar de 35 anos pediu para o filho desligar a tv, como o menino fez birra ela simplesmente lhe jogou álcool e ateou fogo.

O menino teve queimadura em mais de 30% do corpo e está internado num hospital do Tatuapé, onde os médicos informaram que ele ainda corre risco de vida.

Uma vizinha estranhou a gritaria na casa e chamou a policia, quando a PM chegou o padrasto da criança, um comerciante de 39 anos,  visivelmente embriagado tentava socorre-la e prontamente acusou a mulher que segundo a PM também aparentava estar alcoolizada. Para evitar outros males um PM dirigiu o carro do ébrio até o hospital.

Muito embora a mulher negue ser a autora do crime, além do marido bebum, uma criança de apenas três anos (filha do casal) que presenciou a cena e a própria vítima acusaram Sandra.

Ela está presa acusada de tortura e tentativa de homicidio e não cabe fiança para este tipo de crime, segundo o delegado do 24º DP. Não sabemos a que pena Sandra será condenada, mas o estrago físico e psicológico que causou é incalculável.




0 comentários :