Header Ads

Criança de três anos carrega gemeo parasita na barriga.

Foi descoberto no Peru um estranho caso de parasitose em um menino de três anos: O parasita é, na verdade, um feto que deveria ser seu irmão gemeo. O feto não possui cérebro, mas possui couro cabeludo, olhos, membros inferiores e superiores e segundo especialistas se formou antes mesmo da formação do embrião. O caso é tratado cientificamente como fetus in feto. A incidência é de 1 em cada 500 mil nascidos vivos e em casos mais graves o gemeo parasita pode se desenvolver externamente.  No caso peruano, o menino - que reclamava de constantes dores e nunca ninguém descobria o por que - vai passar por uma cirurgia e retirar o gemeo parasita. Não consta até o momento a posição de movimentos anti-aborto ou religiosos.

Num caso ocorrido no Egito, onde o gemeo parasita sorria, piscava e chorava, o Islão considerou ato de crueldade a remoção. Manar Maged passou por cirurgia em 2.005 e faleceu por conta de uma infecção no cérebro em 2.006.

Com informações e imagens de: Daily mirror, Jornal extra e blog curioso e bizarro.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.