Header Ads

Tchau papai! Disse Rafael após a terceira cerveja de Alexandre...

Reprodução do portal G1.com
Ele disse "Tchau papai!", depois fechou os olhos e abriu os braços. Ele é Rafael Monteiro da Costa, 2 anos de idade, que perdeu a vida estupidamente, vitimado por um motorista embriagado em Suzano, São Paulo. A família vinha de um hospital, justamente por que Rafael sentia dores na barriga, mas o menino estava feliz, pois acabara de ganhar sua primeira cama; até falou para o pai: "Hoje eu vou dormir na minha cama! Não vou dormir com você."

Antes de dormir pela primeira vez em sua cama Alexandre foi arremessado por mais de 10 metros pelo carro conduzido por Alexandre dos Santos Papine, um estivador de 40 anos, que pegou o veiculo emprestado após consumir cerveja. Socorrido ao hospital Rafael entrou em óbito e seus órgãos foram nobremente doados pela família.

Alexandre leva a dura vida de estivador e aparantemente é uma boa pessoa, alega que tentou prestar socorro mas por duas vezes sofreu tentativas de linchamento. Apanhou, correu e se apresentou na delegacia.

Alexandre não é um monstro, mas bebeu, dirigiu e matou uma criança inocente de apenas dois anos. Precisa pagar pelo que fez, a despeito dos fantasmas que carregará pelo resto de sua existência. Se você é gente muito boa e bebe e dirige reflita um pouco. Você vai precisar matar para parar?

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.