Header Ads

Banco do Brasil - O pior banco do Brasil.

Imagem de df.istoebrasilia.com
Hoje precisei fazer uma operação no Banco do Brasil (Agência 4309-5 - Belmira Marim). Às 9H00 já estava na fila. O banco, que sempre teve péssimo atendimento, arrumou um jeito de piorar as coisas ainda mais. No setor de auto-atendimento, existe uma mesa para pré-atendimento, onde um só funcionário faz a triagem de todos os usuários, inclusive os preferênciais. ÁS 10H20 Hs. consegui pegar a senha de no. P0007. Enquanto aguardava, apenas dois atendentes trabalhavam. Uma esteve o tempo todo com um só atendimento (provavelmente um caso complicado), o outro, que conseguia atender mais rápidamente, parava a contagem natural, para atender os usuários preferênciais. O banco, aliás, deve ser o lugar que conta com mais usuários preferenciais no país, muito por conta do abuso do direito, já que pessoas que enfretariam a fila comum, colocam idosos e grávidas para fazerem o serviço bancario, a fim de ganhar agilidade prejudicando outros que não recorrem a tal esperteza. Talvez fosse o caso até de restringir o uso preferencial apenas à demandas proprias, impedindo que usuários preferenciais prestem serviços à terceiros.

Neste lenga-lenga, consegui ser atendido depois do meio-dia. Deu tempo de ver clientes reclamando do número de caixas (apenas um), da demora no atendimento, do travamento da porta giratória e até uma discussão sobre racismo: Uma senhora, ao ver um usuário, que muito se demorava (aquele do provavel caso complicado) levantar-se, exclamou: "vai te embora urubu!" e sua vizinha de cadeira, uma senhora negra que falava mais que "nega do leite", não gostou.

Antes de ir a agência, tive o cuidado de ligar no teleatendimento do banco, mais de uma vez, para me informar de como proceder. No dia anterior estive na propria agência, mas o tal funcionário da triagem me aconselhou à voltar no outro dia, já que estava perto do fim do expediente e como era uma operação demorada, provavelmente não conseguiria resolver tudo até as 16H00, hora que o sistema se fecha.

Ocorre que, ao ser atendido, a moça tentou uma enormidade de procedimentos, sem sucesso. Enquanto ela tentava resolver o problema reclamei - com toda a educação possível - do tormento que é frequentar a agência, não sei se existe treinamento, mas a moça repetia comigo o gesto dos demais funcionários quando se deparam com reclamações e xingamentos, qual seja a famosa "cara de paisagem".

Como não conseguia resolver, ligou para um tal Cássio (pelo que ví, uma eminência parda do sistema de informática do banco) que passou nada menos que sete números de telefones, para onde eu deveria ligar. Avisei para ela de todas as informações que me foram passadas anteriormente, mas ela disse que não era com o call center do banco e que bastava ligar para resolver. Avisei que não pegaria fila novamente e saí da agência. Já passava das 13H00.

Ao tentar ligar, bingo! nenhum dos números atendem (quem quiser checar pode discar 11-3491.3702 até 11-3491.3708). Liguei novamente no teleatendimento (4004.0001) e depois de muito questionar, estou aguardando a liberação do dinheiro.

Provavelmente perdi o dia de trabalho, somando a gasolina de todas as idas à agencia, as ligações (de celular), dá um prejuizo e tanto. Para um sistema que a legislação pretendeu fixar em 15 minutos o tempo máximo que o cliente perderia no atendimento, isto só pode ser tratado por uma palavra: Retrocesso.

O Banco do Brasil é o responsável por gerir o pagamento salarial de centenas de milhares de servidores públicos e ainda é o maior banco do país, cuida também de sem número de beneficios governamentais. Não pode se valer disto para negligênciar a relação de consumo, que lhe provê lucros abissais.

Tenho uma conta noutro banco. Vou fazer uma visita em breve à agência e se o atendimento for como costumava ser, peço minha portabilidade na hora.

Para que o caro leitor tenha idéia, o presente artigo foi escrito durante a espera, num smartphone. Fosse eu um criminoso, poderia ter passado diversas informações à comparsas, já que vi muitas transações neste longo tempo.

Um comentário

Anônimo disse...

Este banco é uma bela porcaria. todo mes sofro para receber o axuilio doença. nunca vou ter conta la.

Tecnologia do Blogger.