Header Ads

Malandragem, dá um tempo! - sobre os espertalhões da internet.



Já vi todo tipo de golpe na internet. a rede é, afinal, um estrato da sociedade. Uma prova disto é que nas cidades menores, ditos cidadãos de bem, valem-se do seguinte expediente: Criam no facebook grupos de anúncios gratuitos para pessoa física. A dona Maria vai lá e anuncia que quer vender o kit de manicura, o seu zé vai lá e posta que quer vender uma pick up avariada, etc e tal. Quando o grupo cresce, atingindo um numero considerável de postagens e visitas diárias, eles começam a vender anúncios aos comerciantes e pequenos empreendedores.

Tudo muito bonitinho e aparentemente uma boa estratégia de negócios, não? Não! seria algo bem interessante até, se não fosse ilegal e imoral. Isto fere os termos de uso da empresa e inclusive rouba rendimentos da ferramenta de venda de anúncios que o próprio facebook oferece. Qualquer pessoa pode anunciar na rede social gastando à partir de R$:20,00, o que muitas vezes é até mais barato que os anúncios nos grupos.

Ocorre que o facebook investe centenas de milhões de dolares para monetizar o negocio satisfatoriamente. É justo que ganhe dinheiro com isto. O que não me parece muito justo é alguém pegar todo este investimento e o trabalho pronto que lhe é oferecido gratuitamente para lucrar com isto de forma parasitária.

Isto equivale a jogar lixo na rua, parar em vaga de idoso, deixar de devolver o troco errado, deixar de devolver objetos encontrados na rua, roubar frutas na feira e em ultima analise roubar um banco. Não dá para exigir da classe politica probidade e honestidade quando as pessoas autodeclaradas de bem agem desta forma. Não dá para levar gente que gosta de levar vantagem em tudo à sério.

Uma iniciativa diversa desta é a da plataforma "Grátis Itapira" que oferece anúncios gratuitos em sua página no facebook e num blog de anúncios. hospedado n0 blogger (plataforma gratuita do google) os anúncios são realmente gratuítos para todos e a medida que o trafego aumenta, o proprio google, através do blogger, trata de monetizar a iniciativa. 

Você tem o direito de cobrar por seu trabalho na internet. Você só não pode usurpar o trabalho dos outros para fazê-lo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.