Header Ads

Existe amor não correspondido?

Um leitor nos enviou uma mensagem questionando um artigo que falava sobre sentimentos. Depois da surpresa inicial, já que geralmente estes artigos tem preferencia feminina, ao menos nos comentários e mensagem, achamos que deveríamos tentar ajudar e como muitos podem ter a dúvida mas não a vontade de questionar, escrevemos este artigo com nossa opinião.

"Boa noite, meu nome é X, tenho 26 anos e sou apaixonado por uma garota desde o primeiro dia que a encontrei. isto foi no primeiro dia de faculdade. a gente ficou amigo e fomos nos aproximando so que ela não me ve como homem. ela sempre me diz que não queria perder a amizade e o carinho que tem por mim, que me adora e mais um monte de coisa. eu nunca mais me interessei por outra pessoa e sofro muito por isto não acreedito mais no amor não sei o   que fazer e estou em desespero pq tenho vontade de nunca mais fala com ela e ao mesmo tempo de beijar ela a todo momento".

Bom, do texto dá para extrair que trata-se de um garoto sensivel, romântico e sonhador. Não está muito claro se já se declarou ou não e nem há quanto tempo vive seu amor platônico. Não muda muito o problema e nem o "diagnóstico" do que vemos aqui desta distância.

Provavelmente haverá discordância de muitos leitores mas achamos o seguinte:

Não existe amor não correspondido. Existe amor não consumado, negligenciado, destruído por  atitudes e palavras (ou falta delas), atropelado por circunstâncias da vida. Não correspondido não.

O amor é individual mas não unilateral e cada um sente e toca seu sentimento a seu modo, por isto muitos amores deixam de acontecer ou viram saudades e lembranças. Agora, se não há aquele brilho nos olhos quando se encontram, se ambos os corações e corpos não se "conversam" por olhar, pela alma e até por pensamento, então a magia do amor não aconteceu. Estamos tratando aqui de desejo, cobiça, sonho ou até falta de amor, na modalidade "amor próprio".

Se você não se declarou, se declare. Se já se declarou e não deu em nada, parta para outra. Você ainda é jovem e o amor não tem data certa para ocorrer. Quando menos esperar vai encontrar quem te diga com o olhar que te ama e vocÊ vai sentir o mesmo. Aí então será amor!

Quando é amor ambos podem odiar as atitudes mas nunca sentirão nada de ruim pela pessoa, ambos poderão estar ou ficar longe mas sempre vão sentir falta do outro, podem brigar, se machucar e se afastar mas se é amor não importa como seja, será sempre compartilhado por dois corações, em qualquer circunstância e para sempre, ao menos enquanto dure!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.