CQ? na net:

Estupro - Cultura do que, cara pálida?

A mulher brasileira não é respeitada como deve, isto é ponto pacifico e se dá por uma série de motivos, dentre os quais a tradição "cristã" da educação brasileira. as próprias mulheres costumam ser machistas quando se tornam mães de meninos e acabam perpetuando a criação machista. Ou você conhece muitas mães de meninos que criam seus filhos para agirem em pé de igualdade com as meninas em tudo?

Pois bem. Estupros ocorrem em números alarmantes sim e é preciso mobilização para combater a prática. Agora, no calor de um caso controverso alardear que existe uma cultura do estupro no país é fazer tempestade com copo d'agua. Vamos aqui tentar separar as coisas e dar o devido peso a cada uma.

Na Índia, uma garota que estudava medicina saiu a noite para ir ao cinema. Homens pobres e ignorantes, religiosamente obtusos e socialmente degradados atacaram a menina. Espancaram seu amigo e acompanhante e a estupraram com tanta violência, que suas víceras foram expostas e o dano foi tal que ela faleceu pouco tempo depois. Na Ìndia existe a cultura do estupro. Os pobres diabos acreditavam que as mulheres não poderiam estar na rua as oito da noite sem os pais e morreram acreditando que fizeram o certo ao "puni-la" daquela forma.

No RJ uma garota que foi mãe aos 13 anos, adorava usar drogas, viver entre bandidos e posar com armas de grosso calibre, não tinha critérios para escolher parceiros, inclusive múltiplos simultâneamente foi vitima de uma horda de bandidos em circunstâncias ainda não esclarecidas e análogas ao estupro, inclusive só denunciando por conta da viralização nas redes sociais.

Não se pode ter dúvida que esta menina é vitima, inclusive já era vitima muito antes do ataque brutal que ganhou as manchetes do mundo inteiro. O que fizeram com ela é repugnante e inominável, merecendo todo o rigor na punição. Agora, quando um grupo criminoso que vende drogas, executa as pessoas e vive e morre ao arrepio da lei, comete um disparate destes não há que se falar em cultura de estupro.
No Brasil existe a cultura de não enxergar as crianças pobres se não sofrerem uma barbaridade, no Brasil existe a cultura da falta de politicas publicas para crianças, no Brasil existe a cultura do estado paralelo tocado por criminosos e no Brasil existe a cultura de se fazer auê em casos de grande comoção nacional. Cultura do estupro não!

Puxe ai na sua memória se você já ouviu dizer que em qualquer lugar um estuprador foi descoberto. Em cidade grande ou pequena ou mesmo nas cadeias, quando um estuprador é descoberto, o que é que acontece invariavelmente? linchamento coletivo.

O único crime que a sociedade brasileira definitivamente não aceita é o estupro. As pessoas não costumam se rebelar contra criminosos em qualquer outro caso mas, havendo a mera suspeita de que exista um estuprador o povo se mobiliza e eu desconheço que tenha existido caso onde um estuprador foi descoberto e não tenha sido incomodado ou pior, não tenha sofrido ao menos uma tentativa de linchamento.

As mulheres são atacadas e desrespeitadas de muitas formas no Brasil e há muito trabalho para mudar isto, identificar equivocadamente os problemas ao calor das manchetes de jornal não ajuda nada.


0 comentários :