CQ? na net:

De olho na copa: Brasil 3 x 1 Costa do Marfim- Técnico mal educado, artilheiro mau caráter.

O futebol mundial está em crise. Todos os grandes adversários do Brasil tropeçaram de alguma forma. A Argentina que não é grande e nem adversário (É freguês) não conta. Neste cenário era esperado que o futebol brasileiro desse o ar de sua graça, literalmente falando.

Isto ocorreu ontem contra a Costa do Marfim, do artilheiro Drogba. O Brasil se impôs e nem suou tanto a camisa para fazer o resultado. Luis Fabiano desencantou e até marcou um golaço. A torcida brasileira tinha tudo para estar comemorando, mas esta seleção de Dunga consegue estragar até seus melhores momentos.

O golaço de Luis Fabuloso teve um “q” de ilegal. O artilheiro dominou a bola no antebraço antes de finalizar para o gol. O juiz validou o lance, mas ficou na duvida e então foi perguntar ao artilheiro (quanta ingenuidade!) se a bola havia tocado em seu braço ou não.

“Eu não entendi nada do que ele falou, mas me pareceu que perguntou sobre o lance, então eu falei: Não!” tripudiou o atacante após o jogo.

Luis Fabiano sabia do toque e poderia ter dito a verdade, pontuando que foi involuntário, mas para não correr o risco preferiu mentir e em seguida fazer disto um grande trunfo. Parodiou Maradona invocando a benção divina e uma segunda mão de Deus na copa do mundo, enquanto os africanos acostumados a sempre serem prejudicados pelo mundo evoluído reclamam da mão assassina. Vale lembrar ao artilheiro que a bíblia aponta o diabo como o pai da mentira e se alguém pos a mão nesta cumbuca, Deus é que não foi. Até por que, todos sabem, o deus da bola é argentino.

Não tivesse mancha o suficiente, o técnico com complexo de inferioridade (no que tem absoluta razão) resolveu subir nas tamancas e mostrar todo o seu apreço pela liberdade de opinião (onde absolutamente está fora da razão) e ao interpretar que um repórter maneava a cabeça para sua explanação ensinou ao mundo inteiro uma série de palavrões indizíveis que os microfones captaram. O detalhe é que o tal repórter estava falando ao celular e nem tinha se dado conta que o poderoso Dunga respondia alguma coisa.

Se serve de consolo, Kaka foi tirado do time pela providencia divina, expulso que foi por antijogo (não disputar os lances para não sujar o uniforme) e contra Portugal o Brasil deve mostrar a que veio finalmente. Ou seguram o único Ronaldo da copa (como fazem falta os outros!) ou vão se preparando para a pancadaria Argentina em algum momento mais à frente. A brincadeira inicial foi só para não perder a chance de tripudiar dos ermanos enquanto ainda podemos.

2 comentários :

Fabio disse...

entende mto de futebol,

o brasil se ilude com vitorias sem futebol, e agora estao defendendo o dunga ateh, a que ponto chegamos... elogiar quem apenas coloca o time pra jogar e como se não bastasse... o time C do brasil... volta gaucho... volta gaucho... ainda nao acredito q ele nao levo o cara...

"Segura o portuguesinho q eu quero ve!"

Anônimo disse...

O Brasil esta crecendo e quando vier a argentina vai esta afiado. É campeão! É campeão! Viva o dunga!!!!!!!!!

Brasileiro tem que para com esta mania de neguinho só critica o país.