Sabotage, a farsa de Guina (O ex Racionais) e o Unicórnio invisível na garagem.

Compartilhe este artigo no Facebook



Um dos argumentos mais usados por ateus para desacreditar a existência de Deus é a historinha do unicórnio invisível, porem cor de rosa, na garagem. Afirmam que ter um unicórnio invisível é tão plausível quanto ter um ente superior invisível. A metáfora visa unicamente tripudiar a inteligência de quem tem mais fé que racionalidade.

Ontem pesquisava na Internet sobre o Rapper Sabotage assassinado em 2003 após deixar a esposa no trabalho. Sabotage era negro, pobre e talentoso como muita gente na periferia e as circunstancias de sua existência o levaram a enveredar pelo caminho do crime.

Além de letras fantásticas e participação bastante relevante (para sua estatura artística) no cinema nacional, a benção dos Racionais MC´s fizeram de Sabotage um ícone da cultura Hip Hop brasileira. Mas o sobrevivente não sobreviveu.

Para consumo externo Sabotage não se envolvia com o crime havia dez anos, mas para a policia Sabotage foi assassinado numa briga interminável entre traficantes, tanto que seu assassino que acaba de sentar no banco dos réus é um traficante rival.

Algum tempo atrás alguém me apresentou o depoimento de Guina, o ex-racionais que virou missionário. Ao ouvir o novo crente afirmar que já recebeu mais de trinta tiros, que ressuscitou após passar três dias morto e que era assaltante e assassino achei que o sujeito estava jogando uns confetes para enfeitar o bolo, mas como não sou um expert em racionais e não imaginava que alguém tivesse a cara de pau de assumir uma identidade que não lhe pertença tão publicamente a ponto de vender DVD e tudo não dei importância.

À medida que a fama do tal Guina foi crescendo suas mentiras foram encurtando as pernas e todos os citados em seu depoimento missionário desmentiram as histórias. Guina nunca foi um dos Racionais.

É impossível saber quem arrebatou mais fiéis entre Sabotage e o falso Ex Racionais. Vivemos na era da informação, a Internet deixa tudo mais explicito até que o desejável, mas as pessoas simplesmente acreditam em qualquer unicórnio invisível que lhes seja apresentado. Se o falso Guina lança a bola da credibilidade burra para os crentes o talentoso Sabotage devolve de volta para o outro lado. Sabotage não é um herói. Sabotage viveu e morreu como bandido. Seu talento inegável e sua origem humilde simplesmente não tiveram força (ou tempo) de afastá-lo do crime. Sua história deveria servir de base para políticas publicas que não sufoquem os talentos da periferia ainda no berço, mas ao invés disto Sabotage é consumido como um mártir. O ex Racionais visitou igrejas no país inteiro e vendeu sabe-se lá quantos DVD´s sem ser questionado uma única vez. Só foi pilhado em sua mentira por que a fama jogou luz em sua biografia de unicórnio invisível.

Nesta história toda Deus é o único que escapa incólume. Os crentes e cordiais podem até dar credito a quem não tem, mas a mentira não se sustenta em si mesma. Se você acredita em Deus pode dormir mais tranqüilo.

Você pode enganar todas as pessoas por algum tempo
Você pode enganar algumas pessoas por todo o tempo

Mas é impossível enganar a todas as pessoas por todo o tempo

A história de Sabotage.

A história do falso Guina.

A história do unicórnio invisivel.

Postado por: Samukasos Kasos . Marcadores: , , , , . Comente este artigo logo abaixo, clicando em "postar comentário".
***construa um grande dia! ;)***

11 comentários for "Sabotage, a farsa de Guina (O ex Racionais) e o Unicórnio invisível na garagem."

Postar um comentário

Tratamos disto:

Ajude os Médicos Sem Fronteiras

Ajude os Médicos Sem Fronteiras
Não cobramos por esta publicidade.