Header Ads

O PT agora é contra os trabalhadores: Marta Suplicy nega correção melhor para FGTS.

imagem: reprodução internet
Neste exato momento (07/02/2012), ocorre na Comissão de assuntos econômicos do senado federal a discussão sobre o projeto de lei que altera a remuneração dos depósitos do FGTS. Dona Marta Suplicy, senadora por São Paulo, na qualidade de relatora, se posicionou veementemente contra aumentar a remuneração - pasmem!- por que as empresas precisam pagar multa no valor de 40% dos depósitos quando demitem sem justa causa e isto oneraria a demissão para os patrões.

Não sei muito bem onde esta zorra vai parar, mas o PT se posicionando contra o direito de greve na Bahia soa como um estelionato eleitoral enorme, só explicado por o partido ter deixado de ser pedra (oposição) para se tornar vidraça (situação).

Agora, defender o patrão no âmbito do senado federal, em detrimento de melhorias para o trabalhador com carteira assinada é inominável. Acho que alguém está abusando do colirio alucinógeno.
Em tempo: Por 13 votos contra e três a favor a proposta foi rejeitada pela CAE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.