Select Menu

Brasil

Lorem 1

Technology

Circle Gallery

Shooting

Racing

News

Lorem 4

» » » » » Heroe fail: Filme de Lula tira Brasil de disputa pelo Oscar.

Foto: Divulgação/Portal G1

Não que o Oscar seja assim uma cousa importante para o país, mas o filme biográfico do presidente, rodado sob medida para lhe ser um ultimo afago ao ego, quanto mais se levasse a estatueta, acabou ficando fora da disputa pela categoria melhor filme estrangeiro. A academia americana entende –male, male-de filme para americano ver e eventualmente comete injustiças. Mas, absolutamente, uma bajulação destas nem merece o nome de filme. Nem mesmo para americano ver. Não é nada, não é nada, nos livramos do  “Nunca antes na história deste pais um filme brasileiro havia ganho o Oscar”.

Os escolhidos:
Argélia, "Hors la loi", de Rachid Bouchareb
Canadá, "Incendies", de Denis Villeneuve
Dinamarca, "Em um mundo melhor", de Susanne Bier
Grécia, "Dogtooth", de Yorgos Lanthimos
Japão, "Confessions", de Tetsuya Nakashima
México, "Biutiful", de Alejandro González Iñárritu
África do Sul, "Life, above all" de Oliver Schmitz
Espanha, "Tambien la lluvia", de Iciar Bollain
Suécia, "Simple Simon", de Andreas Ohman

Sobre Cidadão Quem?

Como você pode perceber, o autor é só um anonimo preto, pobre, burro, feio e velho. Se alguém lhe comentasse sobre o cidadão, certamente você perguntaria, quase exclamando: -Quem? Ainda assim você pode lhe enviar uma mensagem através do email samueloliveira@email.com, caso ache realmente que isto vale a pena!.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Um comentário

Notícia em Verso disse...

E lá se vai mais um ano de Oscar sem Brasil
O filme sobre Lula, eliminado, o júri decidiu
Desde 2002 que desconhecemos essas emoções
Quando Cidade de Deus emplacou em 4 indicações

Há algum tempo, os nacionais voltaram à tona
Jogaram a tal “pornochanchada” de vez na lona
Nos últimos anos tivemos boas produções sim
Mas para a Academia, não foram tantas assim

Houve muita polêmica, aqui, na recente seleção
Muitos discordaram quando apontou-se a decisão
Um filme que foi fracasso de crítica e de bilheteria
Convenceria a turma de Hollywood? Não poderia

A velha política entrando em cena, intrometida
Deveria ser figurante, mas vive de ser protagonista
Culto à personalidade do presidente, quase o Jesus
Final triste: o cinema brasileiro é que foi para a cruz

Curioso é como nas novelas somos reis, imbatíveis
Bons atores, direção, técnica e enredo irresistíveis
Mas, no cinema, tem faltado feijão com arroz para vencer
Em 2012 completaremos 10 anos de fora ou faremos por merecer?

http://noticiaemverso.blogspot.com
twitter: @noticiaemverso