CQ? na net:

Somos todos E.T.s?

A teoria da panspermia sustenta que a vida terrena pode não ter surgido neste planeta, mas sido “importada” por um cometa, meteoro ou quem sabe um serviço de entrega expressa intergaláctica.

Diversos experimentos têm sido feitos nos últimos tempos e alguns chegaram à conclusão que alguns seres, notadamente as bactérias, poderiam sobreviver a tal viagem (das bactérias, não dos cientistas, ok?).

Em que pese os brasileiros serem tão reconhecidos cientistas como os japoneses são futebolistas, uma equipe da UFRJ alcançou a proeza de realizar o primeiro estudo experimental de astrobiologia tupiniquim. O biólogo Ivan Gláucio Paulino-Lima submeteu colônias de Deinococcus radiodurans a condições similares às encontradas no espaço e comprovou que elas sobrevivem, com relativa facilidade, a doses altíssimas de radiação.

Trocando em miúdos, o resultado do estudo indica que é possível que o planeta terra tenha sido colonizado por formas de vidas primitivas extraterrestres, que adormeceram durante uma viagem de milhões de anos, protegidos por uma poeirinha cósmica e aqui chegando despertaram para se tornarem à humanidade.

Isto explicaria por que o homem é tão hostil com sua própria “casa”, mas deve dar encrenca com os criacionistas, que defendem a hipótese de que um ser celestial que adormece e ressuscita em prol da humanidade só ocorreu a pouco mais de dois mil anos atrás.

Com informações do repórter Herton Escobar, do jornal "O Estado de S. Paulo" no portal G1

0 comentários :