CQ? na net:

Comediante Ben Ludmer faz a maior comédia e apanha de espectador gordinho.

Woody Allen, provavelmente,  encontraria dificuldade em inventar a cena:
Um comediante entra no palco e começa a sacanear os gordinhos, achando pouco ele pergunta para um gordinho na primeira fila:

-Já andou de avião?
O gordinho que estava a três minutos sentindo-se a própria piada, tascou:
-Já. Com a sua mãe!
O comediante percebeu que o caldo estava entornando e tentou consertar:
-Mas, vaca não voa...

Nem pode terminar a frase. Quando deu por si o gordinho já estava socando sua cara. 

Foram os socos e pontapés que fecharam o stand-up comedy mais rápido – e ilario – da história. O show foi interrompido apenas três minutos após seu inicio e criador e criatura foram parar na delegacia. 

A historia real ocorreu no sabado, 02 de julho, durante apresentação do magico e comediante Ben Ludmer, no Teatro Folha, em S. Paulo. O comediante costuma iniciar suas apresentações com a seguinte frase:‘Sou judeu, gordo, nordestino, mágico e estou em dúvida quanto à minha orientação sexual. Aí, resolvi parar de tomar sol para não virar banquete de skinhead’.  Acho que antes de selecionar o repertório, nosso bravo champ vai olhar bem quem está sentado na primeira fila.

2 comentários :

Anônimo disse...

parece que esse stand-up levou a sério o tal de perco o amigo, mas não perco a piada. o problema é que não é só o amigo que se pode perder; pode-se perder os dentes, a saúde, o show, os fãs, etc. Um pouquinho de chá de simancol não faz mal a ninguém

Anônimo disse...

PIada tem limite. Ser gordo as vezes é um fardo e sair para se divertir para refrescar e um artista justamente te sacanear é de perder a cabeça. Sou gordinho e luto todo dia ´para melhorar. não preciso de ninguem me sacaneando. isto nao ajuda. Eu nãO acho que fazer piada com deficiencias alheias sejan de bom ton. nem aprovo a violencia, mas só de3us sabe o que sofremos.