Select Menu

Brasil

Lorem 1

Technology

Circle Gallery

Shooting

Racing

News

Lorem 4

» » » Os limites da inclusão de deficientes na escola da rede pública.


X. é um garoto especial. Praticamente não fala, é incapaz de ler uma frase e seu comportamento exige que sua mãe assista às aulas com ele, a fim de que  não se machuque ou atrapalhe demasiadamente o andamento da sala de aula.

X. está na quarta-série do ciclo I na modalidade inclusão. Ele não foi avaliado, mas ao final do ano letivo será promovido para a quinta série. Sua mãe está preocupadíssima.

A quinta série (ou sexto ano) funciona de forma totalmente diversa do ciclo I. Os alunos contam com professores especialistas em cada matéria, o período letivo é dividido em cinco aulas, algumas das quais vagas por falta de professores e a maioria das escolas não contam com professores e estrutura adequados para receber alunos especiais.

Como X. será recebido pelos novos colegas? Até que ponto os professores serão tolerantes com a hiperatividade de X. durante as aulas? Como a mãe de X. será tratada por alunos e professores? Estas são perguntas que por hora povoam sua cabeça, já que continuará a frequentar as aulas no próximo ano, o que pode causar algum mal estar ou estresse diante do novo e inusitado padrão de inclusão a que X. será submetido.

A situação é nova para todos os envolvidos e espera-se que o bom senso seja a regra no novo meio de convivência de X. A comunidade escolar não conta com suporte adequado para lidar com todos os aspectos envolvidos na inclusão de crianças especiais. Estamos consultando professores, diretores de escola e psicólogos que explicarão a conveniência de tal situação e durante a próxima semana nossos leitores poderão acompanhar aqui as opiniões. Até que ponto um aluno especial pode ser incluso no Ciclo II de forma construtiva? 

Sobre Cidadão Quem?

Como você pode perceber, o autor é só um anonimo preto, pobre, burro, feio e velho. Se alguém lhe comentasse sobre o cidadão, certamente você perguntaria, quase exclamando: -Quem? Ainda assim você pode lhe enviar uma mensagem através do email samueloliveira@email.com, caso ache realmente que isto vale a pena!.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário