Header Ads

Em três anos SP faz três concursos e não supre demanda de agentes escolares.

imagem de www.imagenshistoricasblogspot.com
Quando o governo do estado de São Paulo resolveu dar mais atenção à educação, em 2.008, identificou um deficit de 11 mil vagas no quadro de apoio escolar. É um trabalho díficil e cansativo o de agente de organização. Este é o profissional responsável por dar apoio em todas as áreas de atuação da escola. Tomam conta das crianças fora da sala de aula (entrada, saída e intervalos) e movimentam a burocracia no restante do tempo. O excesso de rigor nas pericias de ingresso, o temperamento instável de superiores, o ritmo puxado de trabalho e os baixos salarios estão entre as principais queixas destes profissionais.

Desde 2.009 o governo já promoveu dois concursos para efetivo e inumeros processos seletivos para temporários, mas apenas um "telecurso" de qualificação e concedeu um reajuste meio gato, meio lebre: reajustou o salário de R$654,00 para R$800,00, só que incorporou uma gratificação no valor de R$:80,00; com o aumento nos descontos o salario praticamente não mudou.

O resultado é que está aberto mais um concurso a fim de contratar em caráter efetivo mais 10.000 destes profissionais. O custo destes processos seletivos são altíssimos e já é hora de o governo pensar em investir na qualificação destes profissionais, na melhora das condições de trabalho e no aumento real de salário (o vale alimentação - para se ter uma idéia - é de R$:4,00).

Da forma que está, haja concurso público!

2 comentários

Anônimo disse...

E Pode realizar quantos concursos quiserem, não vai adiantar,porque assim que você começar a trabalhar pede exoneração na próxima semana as condições de trabalho não são justas não é realizada escalas para os agente de organização escolar se o diretor não for com a sua cara ele te joga no pátio e lá você fica para sempre, os eleitos nos bons olhos dos diretores ficam na secretária.

Anônimo disse...

Gostei da imagem, acho que alguns diretores, se pudessem colocariam os agentes no tronco também, porque os professores não recolhem seus alunos quando dá o sinal e os agentes tem que ficar olhando os alunos e esperando a boa vontade os professores; também querem que os agentes fiquem no corredor olhando alunos no horário de aula, sendo que os professores é quem deveriam manter os alunos na sala de aula. além de que querem tirar o direito do recesso escolar dos agentes.

Tecnologia do Blogger.