CQ? na net:

Os vegans terroristas – As causas da causa verde.

Ser ou não ser vegetariano deveria ser apenas uma opção pessoal sobre a melhor dieta que uma pessoa deve seguir. William Shakespeare sabia disto, mas nem todo mundo sabe.
Vegans são vegetarianos ortodoxos do tipo que não toma o leitinho da mamãe e nem come o bolo da vovó ou qualquer outro alimento de origem, ainda que remota, animal.

Caso se limitassem a cuidar de suas próprias idiotices, nada de errado haveria na causa e eu pessoalmente nem me importo muito com pessoas que adoecem e morrem por ingerir menos nutrientes do que seu organismo precisa se isto ocorrer por escolha própria. Uns usam drogas e fumam e outros usam proteína sintética e ração sei lá das quantas. Em meu conceito, Vegans não passavam de um bando de chatos que tumultuavam qualquer fórum da Internet por não aceitarem que a evolução humana só foi possível quando o homem descobriu o sabor da carne.

Não é por acaso que pessoas gostam tanto de carne, o tal gene egoísta dá uma mãozinha em suas preferências, já que um bife sustem muito mais que uma lavoura inteira de espinafre ou couve-flor.    Mas vegans são uma espécie de fundamentalistas religiosos e messiânicos que preferem a morte de pessoas à de animais, equiparando os direitos de todos os seres vivos da faúna terrestre. Só podemos matar para comer se o ente terrestre for da casta Flora. Não ser vegetariano é considerado a extrema perversão humana para os verdinhos mesmo que o preço a pagar pelo sucesso da causa seja uma atividade sexual tão intensa como a dos Pandas.

Além de aporrinharem um bocado os vegans agora estão se autodeclarando terroristas. Uma loja de automóveis importados foi incendiada em São Paulo e a policia trabalha no caso, mas uma tal de Vegan.Staff afirma que uma al qaeda vegetariana reivindicou a autoria do atentado. Provavelmente não passa de uma bravata, mas o simples fato de alimentarem a idéia do terrorismo em nome do vegetarianismo e da luta pelos direitos dos animais é preocupante. A lógica deveria ser os animais se aproximarem dos humanos e não o contrario. Se a moda pega o mundo será habitado, muito em breve, exclusivamente por seres selvagens e irracionais.

O ministério publico e a policia devem ficar atentos. Gente que prefere erva (inclusive erva entorpecente) à carne (até mesmo caldo de carne) e por conta disto promove barbaridades (o fogo na loja de carros só não se alastrou pela vizinhança por causa trabalho bem feito pelo corpo de bombeiros) deve morar num manicômio e por uma questão de justiça o cardápio pode ser capim, como os asnos preferem quando não vivem em cativeiro.

A noticia do incêndio no portal G1.com
A Imagem que ilustra este artigo pertence à folhapress.

0 comentários :