Select Menu

Brasil

Lorem 1

Technology

Circle Gallery

Shooting

Racing

News

Lorem 4

» » O caos na saúde desta gente diferenciada.



O secretario Duvanier, o local do crime em guarulhos e o glorioso Datena
Em Brasília, um negão de pijama procurou hospitais particulares por estar infartando. Nenhum dos bons hospitais aceitava plano de saúde de servidor publico e a família não portava talão de cheques para depositar a caução. Ao ser atendido no terceiro hospital já era tarde e o negão morreu.

Em Guarulhos, um policial à paisana frustrou um assalto a tiros. Não acertou os bandidos, mas um garoto de 6 anos que chegava ao banco com o pai foi alvejado na boca. Socorrido ao hospital São Luiz Gonzaga não encontrou atendimento por falta de estrutura. Um médico providenciou a transferencia e informou que uma equipe médica completa e bem preparada aguardava o garoto no complexo hospitalar do Mandaqui, chegando lá o pai entrou em desespero: Um funcionário afirmou que não havia equipe alguma esperando e nem sequer uma vaga na UTI. Marcelo (o pai do garoto) brigou, gritou, chutou porta e precisou recorrer a um parente policial para garantir o atendimento, até este momento o menino sangrava numa maca por mais de 15 minutos (só no ultimo hospital).

O apresentador José Luiz Datena flagrou o desespero do pai e tentou ajudar contatando autoridades e a resposta que pode dar foi um sonoro palavrão. Pela repercussão do caso é possível que amanhã as autoridades dêem as caras e meia duzia de satisfações esfarrapadas.

No caso do negão a policia, por determinação da presidência da republica, instaurou inquérito e vai apurar rigorosamente o caso; é que apesar de negro, trata-se do Secretário de recursos humanos do ministério do planejamento, Duvanier Paiva Ferreira.

Menos sorte tem diariamente esta gente diferenciada que morre vitimada pelo descaso...

Nota: Ao contrario do afirmado, além do menino Vinicius (que continua internado na UTI de um hospital particular), o policial e um dos bandidos também ficaram feridos na ação.
Confira no video a entrevista de Datena com o pai da criança:

About Cidadão Quem?

WePress Theme is officially developed by Templatezy Team. We published High quality Blogger Templates with Awesome Design for blogspot lovers.The very first Blogger Templates Company where you will find Responsive Design Templates.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

2 comentários

Teka disse...

Parabéns pelo blog Samuka!Está muito bom!

J Paulo Ribeiro disse...

Absurdo mesmo. Primeiro a gente tem que entender que o caso não envolve apenas uma questão de Saúde Pública, mas como o foco é esse... Difícil apurar se houve negligência, mas mesmo que estivesse em um Hospital com poucos recursos à mão, não custaria muito fazer uma avaliação física do menino, solicitar hemotransfusão imediata e hidratá-lo vigorosamente (uma vez que houve muita perda de sangue) enquanto o sangue não chegava. Acho que tem muito médico despreparado para esse tipo de situação. Agora por outro lado, o estado sucateia e entrega a esses médicos Hospitais que não conseguem atender à demanda, forçando esse profissional a se adaptar e aceitar todas as limitações. Então fica sempre a briga dos pacientes com os profissionais e tira-se o foco principal que é o descaso com a saúde pública. Como ficou o desfecho do caso, Samuel?